quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Sugestões para 2010



Mais algumas horas e já estamos em 2010! Deixo aqui algumas sugestões para o novo ano:

Onde houver:

Ressentimento pratique o perdão.

Cobrança pratique a flexibilidade.

Controle pratique a confiança.

Rotina pratique a criatividade.

Medo pratique a coragem.

Confronto pratique a negociação.

Resistência pratique a aceitação.

Uma excelente passagem de ano para todos!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Feliz 2010!!!!



Mais um ano chegando ao fim... E já começamos fazer um balanço de 2009 e estabelecer metas para 2010.

"O grande barato é olhar para trás e sentir orgulho. É viver cada momento e construir a felicidade aqui e agora. Claro que a vida prega peças. O bolo não cresce, o pneu fura, chove demais, perdemos pessoas que amamos...

Mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar, pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido estragar o dia por causa de um discussão na ida ao trabalho?

Eu quero viver bem... E você? 2009 foi um ano cheio de coisas boas, mas também de problemas e desilusões, tristezas e perdas, reencontros... Normal... 2010 não vai ser diferente. Muda o século, o milênio muda, mas o Homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas, e aí? Fazer o que? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?

O que eu desejo para todos nós é sabedoria. E que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência. O nosso desejo não se realizou? Beleza... Não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa para esse momento (me lembro sempre de uma frase que ouvi e adoro: "cuidado com seus sonhos, desejos, eles podem se tornar realidade").

Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano...

Mas, se a gente entender e permitir olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes. Desejo para todo mundo esse olhar especial!

2010 pode ser um ano especial, se nosso olhar for diferente. Pode ser muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. 2010 pode ser o máximo, maravilhoso, lindo, especial!

Depende de mim... De você

Pode ser.. E que seja! (Arnaldo Jabor)"

Um lindo Natal e feliz 2010 para vocês!

sábado, 12 de dezembro de 2009

Florais para o final de ano



Compartilho o interessante e-mail que recebi esta semana da empresa Disk Floral:

Sentimentos que surgem no final de ano podem ser tratados com Florais de Bach

A angústia de ter de passar as festas com familiares com os quais, muitas vezes, não se tem qualquer afinidade; a frustração de não ter conseguido alcançar seus objetivos durante o ano e até a tristeza de ter terminado um relacionamento ou de ter perdido um ente queridos são sentimentos podem ser tratados com os Florais de Bach originais

Fim de ano é tempo de alegria, confraternização e trocas de presentes. Certo? Nem sempre. Essa época também carrega em si, para muitas pessoas, lembranças de perdas, separações, reencontros por vezes desagradáveis e muitas obrigações. Sem contar o saldo frustrante de poucas realizações em relação aos planos feitos no final do ano anterior...

Os Florais de Bach originais, essências de 38 plantas que ajudam no restabelecimento do organismo, podem auxiliar – e muito – no combate aos sentimentos contraditórios que surgem nessa época do ano, que deveria ser só de alegrias. A Educadora em Florais Maria Aparecida das Neves, uma das brasileiras que mais entendem dessa terapia e que a estuda constantemente, dá dicas para acabar com os conflitos que surgem nessa época e aproveitar melhor o final de ano:

Se a época lhe traz recordações de perdas de entes queridos ou separações, como fim de namoro ou casamento, e o sentimento que emerge em decorrência disto é uma tristeza profunda, a melhor indicação é o floral Mustard, que ajuda a acabar com a tristeza, trazendo a luz e o calor da alegria. Se as perdas deixaram a pessoa traumatizada, o indicado é o Star of Bethelehem, que traz consolo e alivia a tristeza.

Se você teve uma grande perda justamente nessa época, em anos anteriores, e fica saudosista, como se estivesse preso ao passado, o melhor é utilizar Honeysuckle, que ajuda na libertação de um passado e traz a pessoa para a vivência do presente.

Se você se sente desvalorizado porque não alcançou seus objetivos, os florais também podem ajudá-lo. Nesse caso, a terapeuta indica o Larch, que restaura a autoconfiança.

Para enfrentar a realidade de um novo ano e de uma nova batalha, outros florais podem ajudar: se estiver sem rumo ou direção – não sabendo o que fazer da vida – tome Wild Oat que ajuda a pessoa a encontrar a direção rumo à realização e satisfação. Se estiver sem coragem, com medo do que está por vir, o floral é o Mimulus, indicado para quem sofre de medos conhecidos e cotidianos. Para quem não projeta seua felicidade no presente – e fica vivendo no futuro – o floral mais adequado é o Clematis.

Se você fica contrariado por ter de passar as festas com pessoas que nem sempre lhe agradam, isso pode despertar sentimentos como ódio e raiva, que acabam com a felicidade. Nestes casos, o floral Holly, que trabalha com o Amor Universal, ajudará a aceitar a situação e no despertar do amor.

Se você faz o que não gosta por não sabe dizer não, use o floral Centaury, que pode aumentar a força interior para se preparar e enfrentar o domínio dos outros.

Se, no amigo secreto do trabalho, você tirou aquela pessoa da qual não gosta, use o floral Walnut, indicado para que a manutenção da individualidade. A pessoa não se influencia pelos outros.

Para saber mais: Livro: Um convite à harmonia: como os Florais de Bach contribuem para o despertar do equilíbrio e da paz interior / Autora: Valquiria Rita Geraldini / Edições Inteligentes Pedidos no Disq Floral: (11) 30815217 / Informações sobre atendimentos em Terapia Floral: floraisesaude@gmail.com

sábado, 5 de dezembro de 2009

Respiração



A respiração pode ser sua aliada no combate das emoções negativas. Dissolva a ansiedade, a raiva, o medo, a irritação e o stress, tão comuns no final do ano, respirando pelo nariz e levando o ar até o abdômen, no seguinte ritmo: inpire em 4 segundos, segure o ar durante 2 segundos (sem tensão) e expire em 9 segundos.