segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Não chore pelo leite derramado!



A jornalista Liane Alves fez um artigo magnífico com o título Não chore pelo leite derramado, que foi publicado na revista Vida Simples (na edição de maio de 2013), a qual dedicou esse número para analisar os arrependimentos dos seres humanos e, principalmente, o que eles aprendem com o que deu errado, para fazer melhores escolhas no futuro.
E aí salienta a jornalista: "São as más experiências e as perdas, quando admitidas plenamente e saboreadas em seu gosto amargo, que nos ensinem a viver. Elas nos tornam mais humanos, falíveis, flexíveis. É desse ponto frágil que podemos experimentar a compaixão por outros seres que perdem e que sofrem."
A palavra arrependimento, em grego, é metanoia, que quer dizer somente "mudança de direção". Assim, erramos, admitimos o erro, procuramos remediá-lo e mudamos de caminho ou de procedimento.
Dentro da Terapia Floral, há uma essência chamada Chestnut Bud que proporciona o aprendizado com os próprios erros, evitando repetí-los. Chestnut Bud também ajuda a romper com padrões negativos.
Para maiores informações, consulte um Terapeuta Floral.

Fonte: Revista Qualimetria
Imagem: blog.meuingles.com

sexta-feira, 19 de julho de 2013

As cores podem ser aliadas do equilíbrio


As cores têm influência sobre o estado de espírito das pessoas. Conhecido dos gregos na antiguidade, o poder das cores foi comprovado décadas atrás em laboratórios de pesquisa e é um conceito amplamente usado em decoração.
A cromoterapia utiliza como base para a decoração e para os tratamentos de saúde as cores do espectro solar (que aparecem no arco íris). A primeira regra é que as cores primárias (azul, amarelo e vermelho) são mais fortes e, por isso, produzem reações mais intensas. Em geral, as pessoas mais emotivas e sensíveis, assim como as crianças, são mais suscetíveis à influência das cores, embora a vibração que elas emanem atue de forma semelhante em todos os seres vivos.

Preto: está relacionada ao elemento água e é o símbolo máximo do Yin. Por isso mesmo, seu uso não é recomendado para pintar paredes de ambientes internos.

Verde: ligada ao elemento madeira e à primavera, que juntos representam crescimento, desenvolvimento, natureza e saúde. A cor pode ser usada com liberdade em todos os ambientes da casa, mas em tons suaves em ambientes como quarto e cozinha.

Azul: remete à natureza seja no céu ou no mar. Quando usada de forma dosada, proporciona tranquilidade, porém, em demasia pode favorecer a introspecção e o isolamento. É recomendado para ambientes que visem ao descanso, como quartos e sala de meditação. Não é indicado em salas de estar, de TV e de jantar ou cozinha.

Vermelho: Cor relacionada à vida, à força e à energia vital máxima. O ideal é usá-la em ambientes de interação entre pessoas - como sala de estar, de TV ou mesmo de jantar. Não é recomendada em banheiros, cozinhas e quartos.

Laranja: está situada entre os elementos fogo e terra e, portanto, carrega um pouco das características dos dois elementos. Pode ser aplicada nos quartos, principalmente de adultos e de preferência na parede atrás da cama. Em espaço de refeições, estimula o apetite.

Amarelo: representa a luz do sol e o brilho do ouro. Melhora a concentração e a facilidade de comunicação. Pode ser usada na sala de TV. Não é recomendada em banheiros e quartos. Já na cozinha, pode ser empregada nos detalhes ou em uma das paredes.

Branco: remete à pureza. Não há qualquer restrição quanto ao seu uso. Detalhe: deve ser observada a utilização da cor branca sem brilho em quartos e banheiros e com brilho em salas de TV e cozinhas.

Fonte: Revista Viver São Paulo


sexta-feira, 17 de maio de 2013

terça-feira, 30 de abril de 2013

Purificação e Limpeza de Ambientes



Manter a casa e seus ambientes limpos e purificados energeticamente é uma maneira deles se tornarem verdadeiras fontes de vitalidade e de apoio para a manutenção de sua saúde e realização de seus projetos.
Óleos essenciais puros e os florais são a combinação perfeita para um excelente spray de limpeza de ambientes.
Sugestão de preparo: em um spray de 30 ml pingue 2 gotas de óleo essencial de lavanda, 2 gotas de óleo essencial de cedro, 2 gotas do floral Crab Apple, acrescente água e agite bem.
O óleo essencial de Cedro possui um aroma profundo, amadeirado e calmante. O óleo essencial de Lavanda traz alívio ao stress, equilibra e relaxa além de ser excelente para a purificação. O floral Crab Apple estimula o processo de limpeza e purificação das energias do lugar.
Use este spray à vontade em seus ambientes!

segunda-feira, 15 de abril de 2013

É preciso ser forte!


"Quando a dor é maior do que o peito e o caminho termina antes de se chegar ao destino, há que se usar um engenho, de maneira tal que a extensão da dor complemente a falta de caminho. E, então, caminhar, caminhar, caminhar... " Esses versos do poeta mineiro Gildes Bezerra falam ao coração de forma tão simples, que nos fazem refletir sobre o que estamos fazendo para criar a engenhoca em questão. Sim, é preciso ler mais de uma vez para entender... No fundo é um conselho singelo de quem usa as palavras em cadência para dizer que, por mais difícil que seja a fase ou a crise que se atravessa, é necessário ter força e continuar. Mais do que isso, a magia aqui é criar o próprio caminho quando não conseguimos nem mesmo enxergar a estrada. É ninguém falou que é fácil. Quando agimos com coragem, nosso coração nos presenteia com a capacidade de ir em frente. Sendo assim conseguimos manter viva a esperança, esse sentimento tão animador e confortante. Com pequenas porções de boa vontade, pitadas de alegria e desejos de mudanças, é possível mover o mundo e encontrar lindas paisagens no trajeto (que terá curvas sinuosas, não tenha dúvidas, pois os lugares mais belos são aqueles difíceis de se chegar). Aí então podemos perceber nitidamente que boa parte da caminhada foi cumprida e o mais importante que valeu a pena. Sabe por quê? Pelo simples fato de não termos entregado os pontos, isso nos deixa mais fortes.

Fonte: Revista Estilo Natural, ano 5, número 53, página 04

sexta-feira, 22 de março de 2013

Tenha tempo para você!


Você já observou que ultimamente não nos damos tempo para nada? Levantamos da cama sobressaltados, com a eterna sensação de que estamos atrasados. Tomamos café tensos, cronometrando os minutos gastos para engolir o café da manhã. Alguém da casa puxa conversa. Em vão. Nossa atenção está ausente, refém dos ponteiros do relógio da parede, que avisam que é hora de ir para o trabalho. Saímos de casa correndo, já pensando no trânsito que podemos pegar no caminho. Na rua, um vizinho acena com simpatia. Cumprimentamos de longe e tratamos de entrar às pressas no carro para não correr o risco de perder tempo conversando.
Sabe esta sensação recorrente de que estamos atrasados para tudo? Penso que talvez não estejamos perdendo a hora dos compromissos, mas sim da nossa própria vida que, por força das circunstâncias, acaba sendo mais vendida do que vivida. Da próxima vez que olhar no relógio, não saia correndo, permita-se ficar mais um pouco e deixar ali um carinho, uma palavra, um gesto. Lembre-se de que a hora de viver, ser feliz e fazer os outros felizes é sempre agora.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Inspire!

 

Respirar corretamente favorece o bem estar. Segue três exercícios para combater três sentimentos negativos:

Ansiedade: Feche os olhos, mantenha a coluna ereta e deixe os braços ao longo do corpo. Então interrompa sua respiração por alguns segundos e expire profundamente. Faça 3 vezes.

Estresse: Em pé, pernas paralelas na linha dos quadris, inspire e, na sequência, flexione os joelhos soltando o ar. Fique assim e cumpra 3 ciclos de respiração normal. Volte e repita 3 vezes.

Raiva: Com uma raquete de tênis ou um objeto parecido, gesticule como se estivesse lutando com alguém. Se preferir, bata sem parar em uma almofada até passar a crise.

Fonte: Revista Boa Forma, número 226