sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Para colocar em prática...




"Na matemática da vida, dividir é multiplicar. Compartilhar afetos, gentilezas, alegrias e oportunidades é uma forma de torná-los cada vez mais frequentes."


Jou Eel Jia

domingo, 11 de setembro de 2011

Para refletir...



"Se você não experimentar sua vida, não encontrará uma solução para todas as coisas. Todas as intenções, todas as conquistas vieram da insatisfação, não da serenidade. Ninguém jamais disse: "As coisas estão perfeitas. Vamos inventar o fogo."


Fran Lebowitz

domingo, 4 de setembro de 2011

Visualização Criativa





As técnicas de visualização consistem em usar a imaginação como aliada para obtermos o que precisamos. Imaginação pode ser definida como a capacidade de criar uma representação na mente. Suas metas podem estar em qualquer nível (emocional, físico ou mental). Podemos usar a visualização, por exemplo, para auxiliar na cura de uma doença física, superar obstáculos, construir novas possibilidades de comportamento, atingir metas, mudar o curso de pensamentos e emoções, relaxar e melhorar a qualidade de vida.
Não existe nada de excepcional no uso da visualização. Na realidade nós já a utilizamos diariamente criando diversas situações em nossa mente por exemplo recordando-se de um local que visitamos ou de uma briga. A proposta é direcionar a visualização tornando-a uma aliada em nossa vida.
Podemos exemplificar a atuação das visualizações em nossas reações físicas ao fecharmos os olhos e imaginarmos estar chupando um limão ou imaginarmos estar comendo o nosso chocolate preferido. Observamos que o nosso corpo reage ao que foi visualizado como se fosse uma ação real.
É fundamental estarmos relaxados quando formos praticar a visualização pois o corpo tenso e a mente acelerada pode impedir a concentração e o direcionamento dos pensamentos. Uma dica é fechar os olhos, respirar lenta e profundamente por 3 vezes e ir relaxando cada músculo do corpo antes de iniciar a visualização.
O exercício a seguir trabalha com a realidade subjetiva interior e, por meio dela, muda a realidade física exterior.

Exemplo de visualização para trabalhar o desapego (relacionamentos, empregos, situações)

Após relaxar e de olhos fechados, imagine à sua frente uma trilha, um caminho na natureza. Pode ser uma floresta se você quiser. Siga por este caminho até chegar a uma árvore muito grande. Sente-se embaixo dela. Você encontrará papel e caneta. Pegue-os e escreva tudo o que você quer esquecer. Depois cave um buraco com as mãos e enterre o papel. Levante-se e continue a caminhar na trilha. Mais adiante você encontrará uma cachoeira. Tire sua roupa e vá se banhar. Imagine que seu corpo e sua mente estão ficando limpos e que todas as impurezas estão indo embora. Sinta-se renovado. Saia da cachoeira. Vista-se e volte para o caminho. Abra os olhos.

Para saber mais leia o livro Imagens que curam - Prática para a saúde fìsica e mental da autoria de Gerald Epstein e publicado pela Editora Ágora.
Para saber mais sobre consultas utilizando as técnicas de visualização envie um e-mail para floraisesaude@gmail.com